Prosimetron

Prosimetron

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Manguin, la volupté de la couleur

Le 14 juillet à Saint Tropez (pormenor), 1905

O Museu dos Impressionismos, em Giverny, inaugura hoje uma exposição sobre Henri Manguin, a quem Guillaume Apollinaire chamou «o pintor voluptuoso». O artista transmite uma alegria de viver na sua pintura, composta principalmente de nus, paisagens mediterrânicas, cenas do quotidiano e naturezas mortas. 


6 comentários:

bea disse...

a vida é tão bonita dentro da paleta impressionista que talvez valha a pena viver dentro de um quadro.

maria franco disse...

Desconhecia este pintor. As cores são absolutamente maravilhosas.
É o prazer da cor.Gostei muito. Obrigada. Bom dia.

Mª Luisa disse...

Para fazer dum dia gris um dia luminoso!
Gosto muito !

Bom dia!

Miss Tolstoi disse...

Viva o 14 de Julho!
Não conhecia este pintor e já andei na net a ver.
Bom fim de semana!

Margarida Elias disse...

Deve ser interessante. Não conhecia este pintor. Bom dia!

MR disse...

Sempre vamos conhecendo umas 'coisas' novas. :)
Bom sábado para todas.