Prosimetron

Prosimetron

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban

É hoje posta à venda a edição ilustrada por Jim Kay de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban


Marcadores de livros - 853


Agradeço a quem mo ofereceu.

Le jardin secret des Hansen


Esta exposição é de obras da coleção Ordrupgaard. O casal dinamarquês Wilhelm (1868–1936) e Henny Hansen (1870–1951) constituiu, em apenas três anos (1916-1918), uma coleção impressionante de pinturas impressionistas e pós-impressionistas. Cerca desses 40 quadros estão agora expostos, pela primeira vez, em Paris.  


terça-feira, 17 de outubro de 2017

Boa noite!

O Ballet Nacional do Canadá esteve no princípio de outubro no Théâtre des Champs-Elysées.

Da vinheta


 - Às portas de Braga;
 - Às portas de Seia ;
- Vieira de Leiria, e esta já deu a volta ao mundo de tão apocalíptica.


Outra vez luto nacional por três dias, outra vez o horror de vidas perdidas ( 38, até agora ), mais de 6 dezenas de feridos, 7 desaparecidos, fábricas ardidas, casas ardidas, estradas e ferrovias cortadas.
Um país desgraçado, como escrevi há meses. E há que ler o relatório da Comissão Independente para perceber como esta tragédia, tal como a de Pedrógão, poderia ter sido pelo menos minorada ...

Bom dia !





Fez ontem 427 anos que Carlo Gesualdo, príncipe de Venosa, matou no seu Palazzo San Severo, em Nápoles, a mulher e prima, Maria d'Avalos, e o amante desta, Fabrizio Carafa.

Marcadores de livros - 851

Agradeço à Luisa este marcador. O título do livro despertou-me interesse porque hoje em dia querem arranjar tantos programas aos miúdos que eles não têm tempo livre. 


Caixa do correio - 93

Talvez eu hoje coma um pastel de nata. Ou um bom bocado. Lá mais para o final da tarde. :)

No bicentenário da morte de Gomes Freire



segunda-feira, 16 de outubro de 2017

25 canções de Bob Dylan que merecem o Nobel - 10


Lay Lady Lay (1969)

Lay Lady Lay é, segundo Emmanuelle Hirschauer, Ronsard no país do folk. «Uma proposta indecente feita a uma mulher cobiçada, por um Bob Dylan de voz quente, menos abrasiva do que o habitual. (Dylan explicará que tinha deixado de fumar antes de gravar.) Deite-se na cama de bronze, minha senhora. Desejo e deferência.» Ignora-se a quem foi dedicada esta canção. 

I am sailing

John E. Sheridan - Marinheiro cantando e papagaio, 16 out. 1937


Bom dia !

Marcadores de livros - 850

Agradeço a quem mo ofereceu.


domingo, 15 de outubro de 2017

25 canções de Bob Dylan que merecem o Nobel - 9


As I Went Out One Morning (1967)

A melodia desta curta canção é deslumbrante, mas a letra é cifrada. O narrador conta como uma manhã tentou dar a mão a uma menina encantada e de repente percebeu que ela lhe iria fazer mal. Surge então Tom Paine.... Há quem pense que é o próprio Dylan a desculpar-se pelas declarações infelizes que fez ao receber, em 1963, o prémio Tom Paine.

Antonio Bertali (1605 - 1669)

Antonio Bertali nasceu em Verona em 1605. Estudou com Stefano Bernardi, mestre de capela da catedral desta cidade. Graças aos bons relacionamentos de Bernardi com o corte austríaca, Bertali entra ao serviço da capela imperial de Viena em 1622. Casa na catedral de Santo Estêvão em 1631 e compõe obras para vários acontecimentos da família real: a cantata Donna real, por ocasião do casamento de Fernando III com a infanta Anna Maria de Espanha ou o Requiem pro Ferdinando II em 1637.
Em Outubro de 1649, torna-se mestre de capela da corte, sucedendo a Giovanni Valentini. Morre em Viena em 1669.

Das suas quase 600 obras, poucas sobreviveram. Entre elas, esta bela Ciaconna tipicamente barroca , numa interpretação não identificada. Um bom serão de domingo a todos!

 

Chicago: Michigan Avenue

Capa de John Falter, 15 out. 1960

Não me importava de ir a Chicago.

A Rainha de Espanha

Gostei deste filme de Fernando Trueba: uma história passada na Espanha franquista.


Marcadores de livros - 849


Dez marcadores de Santa Teresa de Ávila, com agradecimentos a Justa.

Versos e reversos, embora dos três de cima não sei qual é um e o outro.

sábado, 14 de outubro de 2017

Boa noite!


Doçaria tradicional - 14

Há uns tempos recebi esta caixa com a janela recortada que abre, com uns pastéis da Lousã: os serranitos. Não conhecia e gostei. Têm um recheio feito de castanha e mel.


Um quadro por dia - 383


O outro Kandinsky vendido a 21 de Junho na Sotheby's de Londres : Pintura com linhas brancas, 1913, quando o artista se estreia na abstracção. Vendido pelo equivalente a 37 milhões de euros .

Biografias e afins


Uma história do pequeno e rico principado, que é também uma história da família genovesa que o conquistou há 700 anos e não o mais o largou ... O sangue italiano diluiu-se há muito com os sucessivos casamentos e perdas de varonia, sendo esta hoje a dos príncipes de Polignac, de origem francesa.

Les plus belles heures de Monaco et des Grimaldi, Philippe Delorme, éditions La Boîte à Pandore, 348páginas, €10

Lá fora - 321





O mundo da fotografia em mais uma edição dos Rencontres à Réattu, até 7 de Janeiro .

Humor pela manhã


Bom dia !





" Recuperado " esta semana graças à actualidade político-criminal, aqui fica para matar saudades :)

Marcadores de livros - 848

Ravena, Mausoléu de Gala Placídia, séc. V (pormenor).

Com um agradecimento ao Luís.

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Boa noite!


Marcadores de livros - 847

«Um dos mais belos quadros que já vi […] é o original e grandioso Guernica, de Pablo Picasso. É um quadro que temos de ver para crer, pois serve como um poderoso aviso contra o terrorismo, a violência e a guerra. Eu já tinha visto reproduções do quadro, mas não transmitem a ideia do seu extraordinário virtuosismo.»
Brendan Behan – Nova Iorque. Lisboa: Tinta da China, 2011, p. 33

Guernica, 1937
Madrid, Museu Reina Sofia
(Brendan Behan viu o quadro no MoMA, onde esteve exposto entre 1943 e 1981.)

Com um agradecimento à Justa.

A padaria está fechada

Paris: 16, rue des Fossés Saint-Jacques.

E é uma pena.

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

25 canções de Bob Dylan que merecem o Nobel - 8

I Want You (1966)

É difícil encontrar no YouTube esta canção. Uma canção extraordinária, que é triste e alegre ao mesmo tempo, de que nunca nos cansaremos. Dylan, com uma enorme inteligência, alterna o refrão mais comum («I want you, I want you / I want you so bad / Honey, I want you») com versos onde a vida dos homens se parece com um circo surreal: «The guilty undertaker sighs / The lonesome organ grinder cries / The silver saxophones say I should refuse you / The cracked bells and washed-out horns Blow into my face with scorn / […]The drunken politician leaps / Upon the street where mothers weep / And the saviors who are fast asleep».

Leituras no Metro - 289

Porto: Asa, 1999

Quando um casal albanês é encontrado morto, o inspector Charitos é chamado a resolver o parecia ser um caso simples. Gianna Karaguiorgui, uma conhecida repórter de televisão, insinua a Charitos que há algo mais por detrás do duplo homicídio. E quando ela é assassinada, o caso complica-se. 
É o primeiro livro de Petros Markaris que estou a ler, o único que se encontra traduzido em Portugal. Muito bom: uma reflexão muito atual sobre o sensacionalismo dos noticiários televisivos. E mais não digo para não levantar o véu sobre a investigação. :)

Agradeço à Luísa, que me deu a conhecer este escritor grego, nascido há 80 anos em Istambul.

Marcadores de livros - 846

Hiroshige - Mocho num ramo de pinheiro ao luar (pormenor), 1832

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

25 canções de Bob Dylan que merecem o Nobel - 7


It’s All Over Now, Baby Blue (1965)

Uma linda canção de despedida que começa com um grito: «You must leave now, take what you need, you think will last / But whatever you wish to keep, you better grab it fast / Yonder stands your orphan with his gun / Crying like a fire in the sun / Look out the saints are comin' through / And it's all over now, baby blue». Não se sabe quem está a deixar quem: «The carpet, too, is moving under you»...

Flirtando

Constantin Alajalov - Flirting soda jerk, 11 out. 1947


Marcadores de livros - 845

Maurice de Vlaminck - Restaurant de la Machine em Bougival, 1905 (pormenor)

terça-feira, 10 de outubro de 2017

25 canções de Bob Dylan que merecem o Nobel - 6


Maggie’s Farm (1965)

Em 1969, quando perguntaram a Dylan qual a canção preferida do seu repertório, ele respondeu Maggie's Farm. Não sabemos se, entretanto, ele mudou de opinião, mas David Caviglioli não. Nessa canção encontra-se todo o Dylan: com um rock à Chuck Berry, irritante e hiper-enérgico, que conta a dor de um trabalhador agrícola lutando contra patrões sinitros, o cantor escreve sua primeira música de protesto humorística. Maggie's Farm servirá de hino do movimento anti-Thatcher em 1980.

Flores

Umas flores do jardim da casa-museu Eugène Delacroix.
Paris, ago. 2017.